fbpx
Como aprender a gostar do que é desagradável

Você, às vezes, precisa realizar uma atividade sem um pingo de vontade? Quem nunca. Pois, diante de tantas responsabilidades é natural que ter coisas para fazer por obrigação e não por prazer. Porém, o que normalmente é um fardo pode se tornar algo prazeroso, se mudarmos a forma de perceber aquela atividade. Por isso, eu darei dicas de como aprender a gostar do que é desagradável.

Algumas atividades são, frequentemente, consideradas desagradáveis como, por exemplo, praticar atividade física, estudar, manter uma alimentação saudável, realizar tarefas domésticas ou organizar a rotina. Porém, eu acredito que qualquer pessoa pode criar uma disciplina na realização destas atividades, colher benefícios e até aprender a gostar delas. Para isso, explicarei 5 estratégias, que você pode aplicar agora mesmo.

Aviso importante: estas estratégias estão nesta ordem propositalmente. Pois, são estratégias que funcionam para quem está na estaca zero até para quem já construiu uma mentalidade de sucesso e quer continuar evoluindo.

1) Lembre-se dos malefícios de não fazer

Às vezes, a dor nos move para frente. Porém, é melhor quando os malefícios de não realizar determinadas atividades (praticar atividade física e alimentar-se de forma saudável, por exemplo) são apenas uma possibilidade, não uma realidade que já vivemos. Portanto, caso sinta preguiça em ir para academia, por exemplo, lembre-se dos problemas de saúde que evitará com a prática de atividade física. Num primeiro momento, esta estratégia pode não te ajudar a gostar da atividade em si, mas te ajudará a sair da inércia.

2) Evite as distrações

Quando uma atividade é desagradável para a gente, a nossa mente tende a fugir dela. Por isso, quanto mais desafiadora é a tarefa, mais difícil é manter o foco. No entanto, este comportamento de fuga atrapalha na realização e reforça a crença de que a atividade é desagradável. Por isso, resista a tentação de se distrair com redes sociais enquanto está na academia, por exemplo. E, quando estiver estudando, organize o ambiente para te proporcionar o máximo de concentração.

3) Mantenha o bom humor

A nossa mente está sempre criando associações entre o que está a nossa volta e o que sentimos. Portanto, se realizarmos uma atividade reforçando que não gostamos dela, estaremos reforçando este padrão mental. Assim, por mais que pareça meio falso incialmente, coloque um sorriso no rosto e encare o que precisa fazer. Com o tempo, você criará um novo padrão mental e poderá curtir realmente aquela atividade.

4) Foque na conclusão da tarefa

Estabeleça consigo mesma o compromisso de concluir aquela tarefa. Após algum tempo, concluir a tarefa se tornará algo mais natural e exigirá menos esforço. Além disso, você pode criar o hábito de se elogiar ou se premiar ao concluir a atividade. O que tornará a conclusão da tarefa algo prazeroso e é uma das formas de aprender a gosta do que é desagradável.

5) Tenha sempre em mente o seu propósito

Alguns dias, por mais que eu goste de malhar, não estou com a menor vontade de ir para academia. Então, eu lembro do meu porquê para praticar atividade física. No meu caso, é poder ter saúde e energia para cuidar do meu filho o máximo de tempo que eu puder. Isso me dá motivação instantânea.

Por trás de algumas atividades pode existir uma meta de longo prazo. Então, pense no propósito que te faz querer, por exemplo, ter mais saúde, mais energia, mais tempo livre, concluir uma formação. E encare com disposição e alegria as atividades que te levarão a estas realizações: atividade física, alimentação saudável, organização da rotina, estudos.

Eu acredito que disciplina pode ser construída. E estas estratégias de ajudarão aumentar seu nível de disciplina. Além disso, são formas testadas e comprovadas por mim e por outras pessoas de como aprender a gostar do que é desagradável.

Tags: | |

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.