fbpx
Algum hábito te atrapalha?

É muito comum termos hábitos que de alguma forma nos atrapalham. Pode ser no aspecto da saúde, da produtividade, da organização pessoal ou em qualquer outra área da vida. E, em geral, é bem difícil mudá-los.

Darei uma dia simples, mas muito poderosa, que você pode começar a aplicar hoje e já poderá lhe trazer ótimos resultados.

A três dimensões do hábito

Para que você possa entender a dica que irá te dar, primeiro preciso te explicar o mecanismo de funcionamento do hábito. Ele é composto de três dimensões: comportamento, recompensa e gatilho.

Comportamento

É ação em si desencadeada pelo hábito. Em geral, é feita praticamente sem pensar, de forma mecânica e automática. O nosso cérebro busca, sempre, poupar energia. Assim, automatizar determinados comportamentos em forma de hábitos é interessante para economizar energia. Por exemplo, depois que aprendemos a dirigir e isso se torna um hábito, praticamente nem pensamos mais em qual pedal pisar, como passar a marcha, não é mesmo?

Recompensa

Todo hábito gera alguma recompensa, que, em geral, é prazerosa. Por mais que aquele hábito seja danoso, como por exemplo fumar cigarro, há alguma recompensa nele. E isso muitas vezes é o que sustenta e torna tão difícil mudar o hábito.

Gatilho

A primeira atitude que desencadeia todo o comportamento que vem em seguida. Ou seja, é aquela primeira ação, que está ligada ao hábito em si. Para que você entenda melhor o que é o gatilho darei alguns exemplo:

1) A pessoa quer parar de fumar, mas toda vez que faz um pausa no trabalho para beber um café, automaticamente, acende o cigarro. Onde está o gatilho? A pausa para o café!

2) Digamos que você queira iniciar um hábito de leitura e o tempo que tem para isso é quando chega em casa do trabalho. Mas, a chegar em casa, toda vez liga a televisão e, então, começa a assistir um programa atrás do outros, sem perceber o tempo passar. E, quando se dá conta, já é tarde e vai para cama dormir sem se quer ter lido uma página do livro. Onde está o gatilho? Ligar a TV!

Mude o gatilho que você muda o hábito

Um das formas, então, de mudar o hábito é mudar o gatilho. Pode ser tanto inibindo completamente aquele gatilho ou fazendo uma pequena mudança nele. Para que entenda melhor vamos aos exemplos anteriores:

1) No caso do cigarro associado à pausa para o café, você pode em vez de tomar café, tomar chá, suco, água ou mesmo mascar um chiclete. Faça uma mudança sutil como esta e veja se já é suficiente para reduzir a tendência ao hábito.

2) Já no segundo exemplo, precisa inibir o comportamento de ligar a TV logo que chega em casa. Então, você pode deixar o plug fora da tomada, tirar as pilhas do controle ou colocar o controle embaixo do livro que quer ler.

Estas são apenas sugestões para dois exemplos. Cada caso é um caso e é impossível generalizar a forma de alterar o gatilho de todos os hábitos. Pois cada ser humano é único e o que funciona para um pode não funcionar para o outro. Portanto, o que proponho é um processo de autoconhecimento. Investigue-se, entenda como você funciona, quais são os seus mecanismos internos, encontre os gatilhos e teste algumas soluções até encontrar aquela que melhor funciona para você.

Em meu canal no YouTube, tem um vídeo que falo sobre este assunto. Assista e, caso ache interessante, compartilhe com outras pessoas

Tags: | |

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.